Reveja Web Mundi: Reis - Segundo Capítulo


Escrito e criado por
André Pereira
Dirigido por
Mauro Mendonça Filho e José Luiz Villamarim
Produzido por
Portal Manchete

INT. CASTELO VALLERIOUS / QUARTO DE JORDAN NOITE
FADE IN:
CONTINUAÇÃO IMEDIADA DA ÚLTIMA CENA DO EPISÓDIO ANTERIOR ONDE JORDAN SE JOGA DA JANELA DO CASTELO
Jordan vai caindo rapidamente virado para o chão. Sua expressão é inocente.
Ele cai no chão e se quebra todo.
Jordan tira a coberta de cima de si. Ele está suado. Está amanhecendo.
Se ouve BATIDAS NA PORTA
Jordan vira para a porta e teme em ir abri-la
Jordan se levanta e vai caminhando com temor até a porta
Ele abre e se depara com Raven. Ele vai se afastando com medo e senta na cama.

                           RAVEN
     Acalme-se, Jordan. Eu não vou machucar você.
Raven vem se aproximando e Jordan hesita em se afastar dela
Ela senta ao lado dele

RAVEN
(acariciando o irmão)
Não se preocupe... Eu estou aqui... Não há nada a temer. Eu vou cuidar de você...
Jordan dá um tapa na mão de Raven e se afasta

JORDAN
(gritando e apontando)
Falsa! Você é falsa! Raven é falsa! Sai do meu quarto!

RAVEN
Jordan, o que deu em você?
Raven deixa uma adaga cair de seu vestido.

Num dado momento Jordan corre e agarra Raven. Ele a joga para fora do quarto e tranca.
JORDAN
(gritando)
Socorro! Socorro! Jordan está em perigo! Socorro!
Depois de tantos pedidos de socorro Elder arromba a porta e entra no quarto encontrando Jordan no chão chorando e se revirando. Ele corre para perto de Jordan e o levanta colocando na cama.

ELDER
Jordan, querido. Calma! Não tem ninguém aqui? Calma!

JORDAN
Raven! Raven! A adaga! Raven tentou me matar com a adaga!
Elder olha para a adaga que está no chão
A CENA ESCURECE
INT. CASTELO FRADES / SALA DO CONSELHO DIA
CUT TO:
ACENDE A CENA
Herick está sentado à mesa com alguns homens e seu conselheiro Jones

JONES
Lord Herick Frades, esta é a última chamada para o recolhimento do dinheiro dos impostos que são entregues ao senhor. Então, onde está os impostos?
Herick fica sem resposta

HERICK
Eu peço um tempo rápido... Eu queria falar com o Chanceler da Guarda Real.

JONES
(se levantando e se curvando)
Com licença. Irei chama-lo.
Jones se retira e todos na mesa saem atrás. Herick espera um tempo e o Chanceler entra.

CHANCELER
Pediu para falar comigo, Milorde?

HERICK
Sim, Chanceler. Sente-se por favor.
O Chanceler senta e fica olhando para Herick

HERICK
Eu vou ir direto ao ponto... Eu preciso que você e seus homens saqueiem o povo de Frades. Se disfarcem. Preciso de muito ouro e objetos valiosos para a prestação de contas do Conselho.
A CENA ESCURECE
INT. TEMPLO DIA
CUT TO:
ACENDE A CENA
Horace está dando o sermão para o povo. Merida está sentada no banco da frente.
FUSÃO PARA:
Horace num canto conversando com um homem. Merida o observa de longe.
Horace termina de conversar com o homem e uma mulher um tanto sensual se aproxima dele. Merida some.
PRÓXIMO DE HORACE:

MULHER
(se oferecendo)
Tem certeza que não vai mais querer meus serviços?
Ela coloca as pernas na cintura dele e o olha com sensualidade

HORACE
Mas é claro que vou continuar com você, querida...
Horace a beija

HORACE
Tenho que ir. Até logo hoje a noite. No meu quarto no Frades, não se esqueça!
Ela se retira
A CENA ESCURECE
EXT. CASTELO TRELLYS / JARDIM DIA
CUT TO:
ACENDE A CENA
Morgareth caminhando no labirinto de seu jardim calmamente observando as flores e os pássaros que passam por lá.
Morgareth sorri e se alegra com a natureza do lugar.
Em uma parte fechada do labirinto um vulto passa atrás dela
Ela sente a presença do vulto e vira calmamente
Sem ver nada ela começa a voltar para a entrada do labirinto
Ela avista a saída mas do nada um homem encapuzado aparece na entrada com uma enorme adaga
Ela o olha assustada e logo começa a correr. Ele corre atrás dela.
Morgareth começa a gemer de medo. Ela corre desesperadamente pelo labirinto sem saber aonde ir. O homem corre atrás dela.

MORGARETH
(gritando)
Socorro! Alguém me ajuda?! Socorro!
A adrenalina está em alta. Ela então começa a cansar.
Correndo quase caindo o homem aparece na frente dela. Ela grita e sai correndo para trás.
Morgareth pula um muro do labirinto e se encontra fora dele.
Ela corre mais calma. Atrás dela o homem também pula o muro e continua a correr atrás dela.
Morgareth avista um enorme portão que leva ao porão de seu castelo. Ela corre até lá.
Morgareth abre o enorme portão e o deixa aberto. Ela entra. O homem entra em seguida.
Se ouve gritos horrendos e assustadores
A CENA ESCURECE
INT. CASTELO FRADES / QUARTO DE HORACE NOITE
CUT TO:
ACENDE A CENA
Horace está nu deitado na cama olhando para a porta.
A porta vai se abrindo com calma. Quem entra pela porta é a prostituta.

HORACE
Estava demorando. Por onde esteve?

PROSTITUTA
Eu tenho outros fregueses além de você, querido...

HORACE
(se abrindo)
Venha, deixe de conversa e venha me satisfazer.
A prostituta começa a subir na cama com sensualidade. Ela para em cima dele e começa a tirar a roupa.

PROSTITUTA
(sensual)
Só pra você saber... Meu nome... É Judith.

HORACE
(pega na cintura dela)
Venha acabar comigo, Judith...
Judith já nua. Ela encaixa a vagina dela no pênis ereto dele. O tesão aumenta. Eles começam a transar em nível baixo.
Horace continua a meter de olhos fechados. Ele começa a suar. Judith começa a gemer.
Horace geme alto. Ele então a pega a força e a deita. Ele fica em cima dela e encaixa nela.
Horace começa a meter com toda força. Ela grita.
Se ouve a PORTA ABRINDO COM UM EMPURRÃO
Eles viram
Horace se choca
Merida está olhando para Horace com uma expressão surpresa

A CENA SE APAGA RAPIDAMENTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário