Reis - Capítulo 7



INT. CIDADE TRELLYS / CASA DE DJERTA DIA
FADE IN:
Morgareth fica furiosa
MORGARETH
Eu não acredito! Até você, Djerta?
DJERTA
Calma, Morgareth. Não é nada do que você está pensando!
MORGARETH
Como assim não é nada do que estou pensando? Vocês estão nus! Abraçados na cama!... Você não passa de uma vagabunda! Eu cansei!
Morgareth vê uma pequena espada e corre para pegá-la
Morgareth pega a espada e vai rápido em direção à Djerta e Ducan na cama.
Djerta levanta rapidamente
Em total descontrole Morgareth encrava a espada em Ducan. Djerta grita no instante.
DJERTA
(gritando)
Ducan! Não!
Djerta corre para abraça-lo.
Morgareth fica em estado de choque e sai correndo do local

ANOITECE EM BROTOS
INT. FLORESTA / CAVERNA NOITE
CUT TO:
ACENDE A CENA
Merida totalmente selvagem e suja
Merida ora desesperadamente em frente a um homem que está nu e amarrado
MERIDA
Meu Deus, eu lhe ofereço em sacrifício este homem. Senhor meu Deus, eu lhe adoro. Farei deste mundo um mundo melhor...
Merida abre os olhos e encara o homem com frieza
Do nada ela encrava uma adaga no meio do peito dele e sai rasgando.
Ele começa a sangrar muito
Merida volta a orar em silêncio
Uma sombra em um formato muito estranho ronda a caverna
A CENA ESCURECE
INT. CIDADE FRADES / TEMPLO CLERICAL NOITE
CUT TO:
ACENDE A CENA
Horace na sala dos fundos. Cortez conversa com fiéis.
CORTEZ
(para um fiel)
Não há o que temer! Essas coisas de lobisomens e criaturas desconhecidas não existem. Todos os seres que existem na terra são falados no Livro Sagrado. Se Deus tivesse criado algo a mais estaria no Livro. Então não se preocupe.
CORTA PARA:
INT. SALA DOS FUNDOS NOITE
CUT TO:
Cortez entra. Horace já esta de pé o olhando.
Horace pega num canto um enorme livro e apresenta para Cortez
HORACE
Este é o novo Livro Sagrado!
CORTEZ
Mostre-me as folhas escritas por você.
Horace se senta à mesa e abre o grande livro onde começa a mostrar algumas partes para Cortez
HORACE
Amanhã no sermão eu espero que você esteja preparado para convencê-los.
CORTEZ
Eu estarei.
Cortez sorri e beija Horace
A CENA ESCURECE
INT. CIDADE VALLERIOUS / CASTELO VALLERIOUS / SALA DO TRONO NOITE
CUT TO:
ACENDE A CENA
Raven e Mully sentados em seus tronos
O portão se abre. Um homem desesperado sai correndo em direção à eles.
HOMEM
Majestade, Majestade! Uma multidão está invadindo o castelo! Parecem revoltados! Não conseguimos impedi-los.
MULLY
Como assim não conseguiram impedi-los? Seus inúteis! São pagos para isso! Estão todos demitidos!
Neste mesmo instante a multidão invade a Sala do Trono. Tochas de fogo e espadas seguram algumas pessoas que correm até os reis.
Em frente à todos da multidão está Mircéa com os olhos totalmente negros.
MIRCÉA
Seu tempo no trono acabou, Raven e Mully. Eu mesma tive o prazer de mostrar a corrupção aqui!
RAVEN
Eu não sei do que está falando.
MIRCÉA
Ah sabe sim! Todos aqui já sabem da fortuna no porão de vocês. Seu reinado chegou ao fim Raven Vallerious!
Raven e Mully assustados
A CENA ESCURECE
INT. BORDEL/ BANHEIRO NOITE
CUT TO:
Morgareth com uma adaga na mão olhando seu reflexo em uma bacia com água
Morgareth começa a chorar e a cortar seus cabelos
Morgareth fica com o cabelo bem curto ao estilo Joãozinho
Se mostra os cabelos loiros dela caídos na bacia e ela chorando
A CENA ESCURECE
EXT. FLORESTA NOITE
CUT TO:
ACENDE A CENA
Um homem caminha em direção à Caverna onde se ouve GRITOS DE DESESPERO.
Do nada a luz dentro da caverna se apaga e ele continua a caminhar em direção à Caverna
CORTA PARA:
INT. NA CAVERNA NOITE
CUT TO:
Tudo muito escuro. O homem começa a enxergar melhor.
Ele se choca ao ver muitos corpos mortos. Ele vê também várias adagas caídas no chão e vê também o corpo de Merida sem a cabeça.
Ele caminha além vendo corpos mortos
Ele chega em uma parte em que começa a ver pegadas de patas enormes no chão
Ele olha mais adiante e vê que a pegada termina onde há uma grande pedra no centro
Ele ouve RESPIRAÇÃO OFEGANTE vindo da pedra
Ele olha novamente para as pegadas mas continua a caminhar
Ele chega próximo à pedra e vai indo em direção à frente da pedra
O homem logo vê Herick com uma adaga atracada no peito!
Herick está sangrando e nu olhando para o homem. Herick aparenta estar sem forças.
Herick ruge estranho e grosso
O homem chega proximo de Herick e fica o olhando
Herick pula em cima do homem e abre a boca para morder o homem onde se vê dentes enormes e afiados.
Se ouve GRITOS E RUGIDOS.

A CENA SE APAGA.

FIQUE AGORA COM A TERCEIRA TEMPORADA DE "REIS", ESTA, ÚLTIMA DA SÉRIE, FOI PRODUZIDA EM FORMATO LITERÁRIO. BOA LEITURA.


HERICK
Eu havia acordado em uma caverna cheia de pessoas mortas. Dentre elas estava Merida, caída no chão de sangue. Foi neste momento que me recordei de que fui vítima de magia negra, de bruxaria. A cidade estava atormentada com uma criatura descrita como um lobisomem, um lobo gigante... era eu. Realmente não tive culpa. Talvez agora eu aprenda a me controlar. Recordei da transformação, quando me olhei no lago e vi aquela aberração. Não queria acreditar que havia me transformado naquilo.

MORGARETH
Rainha dos Pobres? A Boa Rainha? Todos estes títulos não me serviram de nada! De nada! -gritou. - Fui traída, saqueada, jogada no lixo. Aquela bruxa vadia Djerta e o Herick. Quanto ódio... quero recomeçar. De novo visual, corte de cabelo curtíssimo e uma nova Morgareth. Todos que amei me traíram... e receberão o devido castigo.

RAVEN E MULLY
Raven e Mully haviam sido expulsos do Castelo Vallerious. Tudo que restava para eles eram suas vestes! Não tinham comida, nem abrigo, nem nada. Decidiram então pedir ajuda no Castelo Trellys sem saber que o irmão de Raven, Jordan, estava tendo um caso com o Rei Herick. Era tudo o que eles poderiam fazer, pedir ajuda. Como será que Herick os receberá depois de ter descoberto que Raven e Mully foram os responsáveis pela renuncia de Jordan de seu trono?

DEMÔNIO
Eu finalmente consegui! O trono de Vallerious agora é meu! Convoquei a população de Vallerious para ver a farsa que estava escondida atrás desses novos reis. Este corpo que estou possuindo... Está se desfazendo... Logo terei de sair e habitar outro corpo. Mas enquanto isso não acontece continuo habitando o corpo de minha mãe Mircéa. Meu próximo passo como Rainha? Dominar todos os reinos e controlar o mundo! Aguardem-me! O demônio Labhsak está chegando!

HORACE
Estava tudo pronto! Só restava que Cortez anunciasse ao povo o novo Livro Sagrado. E eu o nomearei Livro Sagrado do Amor! Onde Deus nos ensina a amar uns aos outros e que toda forma de amor é aceitável. Chegou a hora de mudar o pensamento da sociedade!

CORTEZ
Eu estou muito nervoso. Estou aqui agora pronto para o sermão do meio dia. Espero que todos acreditem no novo Livro Sagrado do Amor. Isto é uma forma de remover o ódio contra casais do mesmo sexo. Será que irei conseguir?... Chegou a hora! Já estou de frente para todos.
Meus irmãos! Deixo hoje o sermão de lado para dar à vocês uma grande notícia. Poucos dias atrás, em uma noite, recebi um chamado de Deus! Sim irmãos, de Deus. Deus falou comigo! Eu sei que é difícil de acreditar mas sim, Deus falou comigo! Com o mundo cheio de ódio e maldade Deus me pediu para anunciar um novo amor ao seu povo. Um tipo de amor que todos rejeitavam e muitos sofriam por tê-lo. Deus então me disse que toda forma de amor é aceitável aos seus olhos não importa qual seja! Chorei nessa hora... Assim como estou chorando agora... Deus então me fez escrever de um modo consciente uma nova escritura de seu livro. Ele então me pediu para nomeá-lo Livro Sagrado do Amor! Em uma dessas escrituras Deus diz o seguinte:
“Meus filhos e filhas. Eu sou o Pai! O Criador que tanto os ama! Muito deste novo mundo está corrompido pelo ódio, pela ganância, pelo poder e pelo egoísmo. Não é admissível que uma forma de amor seja tão rejeitada por vós. Esta é nova! Toda forma de amor é válida. Desde homens e mulheres à homens com homens. Por que não encher mais o mundo de amor do que ele já está cheio de ódio? Isto sou eu, vosso Pai que os digo. Amem-se! O Amor suporta tudo!”

NO CASTELO TRELLYS

Herick estava sentado em seu trono pensando na vida, é claro, em seu novo companheiro Jordan. Por quanto tempo eles esconderão o romance? Será que tudo pode mudar depois da polêmica do Livro Sagrado do Amor? Herick não sabia ainda o que fazer... Mas para atrapalhar seus pensamentos ele olhou para frente da sala do trono e viu Raven e Mully sendo trazidos por guardas.

Olhando, Herick viu Raven e Mully sendo trazidos pelos guardas. Mas ele se fez uma pergunta: O que os reis da Cidade Vallerious fazem aqui sendo trazidos quase nus pelos guardas?. Estava chegando a hora dele saber, então eles ficam de frente para Herick e neste mesmo instante chegou Jordan que se espantou com o que viu. Herick então disse:
- O que fazem aqui os grandes ratos de Brotos? Como ousam vir aqui depois do que fizeram com Jordan?
- Perdão, Majestade. Algo terrível aconteceu. Não temos mais nada e viemos pedir sua ajuda pois é nossa única opção. – disse Raven.
- E o que de tão terrível aconteceu à vocês?
- Tudo foi culpa nossa. - disse Mully. Olhou para Raven e depois voltou a face para o Rei. - Iriamos fugir com as moedas dos impostos e abandonar todos. Mas acabaram descobrindo nossa farsa e nos tiraram de nosso trono.
Herick ficou um instante calado e soltou uma gargalhada.
- Eu não estou acreditando nisso - riu Herick. - e o que querem que eu faça por vocês?
- Apenas que nos dê abrigo. Não temos onde ficar. É perigoso lá fora para nós agora. – disse Mully.
- Preparem o pior quarto para eles! Meus novos servos!
Jordan continuou perplexo olhando a irmã Raven. Algo terrivelmente perturbador passou por sua mente. Estava tramando algo.
MORGARETH
Morgareth havia entrado na casa do ferro, de um ferreiro naquela noite. Ele não estava lá. Morgareth tramava algo horrível. Estava obcecada, talvez louca depois de tudo que passou. Deitou na cama com o Rei Herick e foi traida, seu ex marido, antigo rei Ducan a traiu com uma puta e em seguida sua melhor amiga, a bruxa Djerta a traiu com Ducan. Mas Morgareth realizou metade do que queria: matou Ducan. E para continuar com seu plano em ação teria de se disfarçar. Seu próximo passo é Djerta.
Morgareth caminhava lentamente pelo chão terroso e úmido da casa do ferro. No meio da grande casa havia um forno redondo enorme onde continha o carvão. Estava aceso, seu corpo nu sentia o calor bater em seu corpo e lutar contra o frio da noite. Passou por uma mesa e pegou um objeto de metal, parecia pontiagudo. Se aproximou lentamente do fogo e o colocou no canto do grande forno redondo. Seu cabelo loiro e curto, ao estilo joãozinho, a deixava quase irreconhecível. O fogo terminara de aquecer o ferro. Morgareth usou um outro objeto para pegá-lo. Estudou o ferro que estava laranja de tão quente e o pressionou contra o próprio rosto queimando-o. Saira fumaça. Morgareth gritou de dor mas o grito não lhe tirou a coragem de queimar seu rosto. Enfim tirou-o e, em seguida, queimou o braço.
HORACE
Entramos nos beijando em meu quarto no Castelo Frades. Eu e Cortez estávamos animados com o sucesso na missão. Suas mãos massageavam meu corpo, seu beijo me excitava, seu corpo junto ao meu me fazia ferver. Eu apenas queria tê-lo para mim, queria beijá-lo sem parar. Seus lábios carnudos me faziam querê-lo mais e mais. Aquela noite fora maravilhosa. Eu amava-o....
DEMÔNIO LABHSAK
Não é sentada no trono de Vallerious que vou conseguir dominar tudo! Tudo... Começa aos poucos... Estava colocando em prática tudo o que Mircéa me passou. Seu corpo belo... Seu cabelo... Seus lábios... foram úteis para mim. Transei com Fill. Um príncipe herdeiro legítimo, não bastardo!
NO CASTELO TRELLYS
Raven e Mully já estavam acomodados em um quarto nada confortável quando um homem entrou sem bater e os  convidou para um banquete com o Rei Herick e com Jordan. Não hesitaram alguma resposta e logo foram saindo do quarto para o banquete.
Chegando lá, em uma sala meio escura com filtro madeira estava Herick e Jordan sentados um ao lado do outro. Raven e Mully não fizeram diferente e sentaram à mesa. Um banquete bonito e suculento. Herick preferiu comer a carne quase crua com a mão e se lambuzava diante dos convidados. Jordan não parecia o mesmo, estava de nariz levantado diante de seus inimigos quando começou a ouvir vozes. Ele logo começou a se bater e a falar só. Raven e Mully ficaram atentos.
- Jordan, está tudo bem?
  -      perguntou Herick.
- Sim, está tudo bem - disse em tom de classe, refinado. -  perdão. As visitas que trazem o mal de casa. Espero que eu me acostume ou terei de mandá-los daqui.
Raven e Mully estranharam a autoridade que Jordan demonstrou ter. Jordan se virou para Herick e Herick virou para ele dando um longo beijo na frente dos convidados. Raven e Mully se chocaram com o que viram de olhos arregalados.  Jordan se virou para a irmã e disse:
- Eu também jamais imaginaria uma coisa dessas, irmã. Mas eu não posso esconder que amo Herick.
Jordan se virou para o lado e fez um sinal. Logo dois guardas enormes chegaram e  puxaram Raven e Mully da cadeira. Rasgaram todas suas roupas os deixando nus. Raven e Mully tentavam se cobrir com as mãos. Olharam para Jordan e Herick.
- Chegou a hora da festa. Entrem! – exclamou Jordan.
Várias pessoas apareceram do nada deixando Raven e Mully constrangidos.  Dois homens carregaram um colchão e colocaram no meio do local, no meio do povo todo reunido.


- Se quiserem continuar abrigados e protegidos... amem-se agora na frente de todos. – ameaçou Jordan em tom calmíssimo. Estava irreconhecível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário