Decisões: A Regra da Vida- Capítulo 28.(Antepenúltimo Capítulo)


Capítulo 28:

Cena 1: Mansão D’Ávilla// Sala// Interior// Tarde//
Beatriz: Eu já estou cansada de você, Nicolas. Eu não vou ser sua escrava mais.
Nicolas- {debocha}: Ah é? E o que você vai fazer
Beatriz para os degraus da escada e seu sorriso é marcado pelo momento em que seu rosto expressa algo diabólico.
Beatriz- {empurrando}: Isso!
Nicolas sai rolando para a escada abaixo e gritando. Beatriz sorri e fica satisfeita ao ver o menino desmaiado no final da escada.
Beatriz: Espero que tenha morrido!
A gargalhada de Beatriz ecoa.
Beatriz: O melhor é que vai morrer e ninguém vai ficar sabendo pra enterrar esse corpo sujo e nojento.
Beatriz desce as escadas e rodeia o corpo de Nicolas. O menino começa a rir, deixando a menina assustada. Nicolas olha para Beatriz com deboche e vai levantando-se aos poucos. Já em pé, o menino gargalha.
Nicolas: E aí, gostou, Beatriz?
Beatriz- {desacreditada}: Mas o que é isso, Nicolas? O que você está arrumando? Você não estava...
Nicolas: Eu estava, Beatriz. Lembra quando eu disse pra você que eu poderia recuperar os movimentos das pernas?
Beatriz: Como você pôde me enganar?!
Nicolas: Como eu pude te enganar? Você sabia que naquele momento em que eu fui conversar com você, eu não tinha perdido o movimento de minhas pernas por completo? Eu só não conseguia andar de muletas porque meu braço estava quebrado.
Beatriz: E você me fala isso agora?
Nicolas: Você queria que eu falasse isso pra você tentar voltar atrás na sua palavra aquele dia? Eu te conheço, eu sei que você iria dizer que estava brincando para não perder o posto de que tinha um dos namorados mais bonitos do colégio.
Beatriz: Você me enganou, Nicolas. Você disse que estava paraplégico só para não ficar comigo.
Nicolas: Você me enganou, Beatriz. Você fingiu me amar, mas isso não vem ao caso, eu não quero nada com você.
Beatriz: Desgraçado, você vai me pagar.
Nicolas: Eu vou te pagar? –{Triunfante}- Quem está por cima agora, Beatriz? Além de ter você nas minhas mãos, eu ainda dei a volta por cima. Fazendo minhas fisioterapias eu consegui andar, eu me fiz de vitima naquela cadeira de rodas, enquanto você foi enganada por mim. Agora você vem achar que está por cima?
Beatriz: Eu dou um jeito pra tudo, Nicolas, não duvide disso, querido.
Nicolas sorri debochadamente.
Nicolas: Vai, Beatriz, dá um jeito em tudo. Vai que eu estou te esperando.
Beatriz da uma bofetada em Nicolas, que gargalha feito um louco.
Nicolas- {debocha}: Você não tem pra onde ir, né Beatriz? Agora eu quero ver quem vai te salvar. –{Maléfico}- Ninguém pode te salvar dessa.
Beatriz- {com ódio}: Eu te odeio, Nicolas, eu prometo que vou me vingar de você, seu ordinário.
Nicolas- {provoca}: Só nos seus sonhos, Beatriz. Olha, e depois desse empurrão que você me deu dessa escada, acredito que eu devo mostrar uma prova que tenho contra você para a Isabela. Vai ser um castigo!
Beatriz- {desesperada}: Você não seria capaz.
Nicolas: Você não sabe como eu seria, meu amor.
Beatriz: Nicolas, por favor. Não faça uma coisa dessas. A primeira coisa que ela vai fazer é mostrar para minha mãe.
Nicolas: Calma, você só vai ser expulsa do colégio, porque se os policiais souberem que você está metida nesse lance do estupro da Isabela, você vai ser é presa!
Beatriz: Você não presta, Nicolas, o que deu na sua cabeça de fazer isso? Você vai me queimar todinha.
Beatriz ajoelha-se aos pés de Nicolas. Ele sorri como vitorioso.
Nicolas: É assim que eu queria te ver, Beatriz, se humilhando aos meus pés e implorando misericórdia.
Beatriz- {levanta}: Já me viu, agora me diz que você não vai fazer isso.
Nicolas: Infelizmente isso é pouco. Eu quero ver mais.
Beatriz: Mais o quê?
Nicolas: Você se declarando para mim em uma praça pública e falando letra por letra do que você me disse quando eu vim à essa sala para te reencontrar!
Beatriz fica tensa e Nicolas olha-a com muita seriedade.

Cena 2: Campo de flores// Tarde//
Fade-in- A Thousand Years- {Christina Perri}
Mauricio segura as mãos de Isabela e passa na frente dela. O menino tira uma rosa do campo, se ajoelha, e entrega a rosa para ela. Isabela fica emocionada e abraça o namorado. Mauricio pega Isabela no colo, gira com a menina, que sorri e chora de felicidade.
Isabela: Que lindo isso daqui, meu amor.
Mauricio: Não é mais lindo do que você, minha princesa. –{Segura a cintura da menina e os seus narizes encostam}- Eu te amo tanto, Isabela. Não me deixa assim desse jeito.
Isabela: É mais forte do que eu.
Mauricio- {incentiva}: Eu sei que você consegue, amor. –{Fofo}- Você me ama?
Isabela- {amorosa}: Muito.
Mauricio: Então faz isso pelo nosso amor?
Isabela: Eu sou muito fraca.
Mauricio pega Isabela pelo braço e puxa-a até uma arvore. O menino solta a mão de Isabela. Ele pega um canivete que estava no bolso e escreve na árvore. Ele pega novamente a mão de Isabela e mostra o que ele fez. A menina chora e olha muito apaixonada.
Isabela- {lendo}: Eu te amo muito.
A menina vê um coração desenhado e tem as iniciais de Isabela e Mauricio dentro dele. Isabela beija Mauricio.
Isabela: Você não existe, meu príncipe.
Os dois voltam a se beijar novamente.
Fade-out- A Thousand Years- {Christina Perri}

Cena 3: Mansão Braga// Quarto de Natiely// Interior// Tarde//
Natiely está com o celular da fake. Ela olha fixamente para o objeto e joga o aparelho na parede, que quebra.
Natiely- {olhando para o objeto}: Você só me trouxe desgraça na minha vida, eu perdi o meu amor por sua causa.
Natiely pega o seu celular pessoal e entra no whatsapp, ela vai ao contato de Henry e vê a foto do menino. Natiely vê que ele está online.
Henry: Com certeza deve estar conversando com a Megan.
As mãos de Natiely soam quando ela pensa em mandar uma mensagem para Henry.
Natiely- {indecisa}: Será que eu mando uma mensagem?
A menina sai do whatsapp e vai até o teclado de chamadas. A menina digita o número de Henry. Natiely olha fixamente para aquele número e embaixo escrito o nome de Henry, ela decide fazer a ligação. Henry atende.
Natiely: Henry?
Henry- {frio}: O que você quer, Natiely?
Natiely: Olha, Henry, por favor. Eu sei que você me odeia, mas me escuta.
Henry: Mais?
Natiely: Eu não vou permitir que você suma assim da minha vida. Eu nunca encontrei uma pessoa maravilhosa como você.
Henry: Que bom que você tenha essa impressão de mim, a que eu tenho de você é bem pelo contrário.
Natiely: Olha, isso não me importa, o que você está dizendo não vai fazer com que eu desista de você.
Henry: Eu já disse que você não vai conseguir nada.
Natiely: Eu te enganei por quase um ano, conheci uma pessoa maravilhosa, eu não vou desistir tão fácil assim de você. Eu te amo.
Henry: Me perdoa, Natiely, mas eu não consigo acreditar. Tchau.
Henry desliga o telefone e Natiely fica surpresa.
Natiely- {determinada}: Eu não vou desistir tão fácil assim, Henry.

Cena 4: Campo de flores// Tarde//
Fade-in- A Thousand Years- {Christina Perri}
Mauricio e Isabela chegam à beira de um rio que fica no meio do campo de flores. O menino fica de frente para a namorada e eles se olham nos olhos. Mauricio e Isabela dão as mãos um ao outro.
Mauricio: Eu quero que você jure que vai se esforçar para ficar bem. Que não vai rejeitar minha ajuda, nem a ajuda da Bárbara.
Isabela: Eu prometo que vou fazer isso.
Mauricio: Você tem que acreditar que você é forte, amor. Você é uma vitoriosa. Acredite em Deus e acredite na força que tem dentro de você.
Isabela: Tudo bem. Eu vou fazer isso. Eu não vou me entregar.
Mauricio: Eu quero fazer um juramento também.
Isabela- {curiosa}: Que juramento?
Mauricio: Que se você permitir, eu vou ser o seu marido, vou te respeitar, vou ser o pai dos seus filhos.
Isabela- {emocionada}: Mas é claro. Claro que é você, meu príncipe. Eu não quero ninguém mais.
Isabela segura o rosto de Mauricio e os dois olham-se apaixonadamente.
Mauricio: Eu preciso muito de você pra ser feliz.
Isabela: Eu também preciso de você. Nós vamos ser felizes, eu vou me esforçar.
Mauricio segura os dois lados do rosto de Isabela com as mãos.
Mauricio: Olha eu prometo que você não vai se arrepender. Eu vou te fazer a mulher mais feliz do mundo.
Isabela: Eu sei disso, Mauricio. Se for preciso, eu moro com você debaixo da ponte. Você esteve do meu lado todos esses meses, a Bárbara esteve também, mas foi você quem me aturou todos os dias, cuidou de mim quando eu estava sendo chata, mimada e chorona. Foi você quem me levou para o psicólogo, foi você quem cuidou de mim nos meus surtos, me levou para o hospital nas minhas quedas. Foi você quem compreendeu o que eu passo todos os dias. A sua paciência, o seu companheirismo fez eu ver que você é o homem da minha vida, que é com você que eu devo passar o resto da minha vida e que é você quem vai cuidar de mim e que eu vou me recuperar para te fazer o homem mais feliz do mundo.
Isabela e Mauricio dão as mãos e vão andando por aquele campo. Mauricio leva Isabela até as margaridas, a menina fica surpresa ao ver uma caixinha de aliança na grama. Ela e Mauricio se olham e sorriem. O jovem pega a caixinha e abre, ela vê dois anéis de compromisso.
Mauricio- {amoroso}: Nós namoramos e não temos aliança.
Isabela- {olhos lacrimejados}: Que lindo, Mauricio.
Mauricio: Você aceita namorar comigo, Isabela?
Isabela: Sim um milhão de vezes.
Mauricio coloca a aliança no dedo da namorada. Ela pega a outra aliança.
Isabela: Você aceita namorar comigo, príncipe Mauricio?
O menino sorri e acena positivamente com a cabeça. Isabela coloca a aliança no dedo do menino e eles se beijam apaixonadamente.
Fade-out- A Thousand Years- {Christina Perri}



Cena 5: Fundação casa// Consultório de Psicologia// Interior// Tarde//
Rebeca e Leandro estão frente a frente.
Rebeca: E aí, Leandro? Resolveu me contar o que está acontecendo?
Leandro: Já disse que não tem nada acontecendo.
Rebeca: Eu não acredito que você esteja mexendo com crack, querido. Você e o Lucas nunca apresentaram sintomas ou jeito de quem mexe com essas coisas.
Leandro: Mas a senhora está equivocada.
Rebeca: Lembre-se de que isso só vai piorar o seu lado, Leandro. Essas pessoas que incriminaram vocês vão sair como santas, sabe o que vai acontecer? Elas vão sair daqui aos 18 anos, você vai ter uma ficha criminal pesada e vai acabar cumprindo seu tempo numa prisão de adultos. É isso que você quer? Ficar longe da sua mãe?
Leandro: Acho que dessa vez você não tem razão, eu sinto muito em te decepcionar.
Rebeca: Você sabe que se me contar a verdade, eu consigo tirar você daqui com o tempo menor do que o previsto, a única coisa que vai mudar é que você vai ter que fazer consultas 3 vezes por semana para eu entregar relatórios para a fundação.
Leandro permanece calado.
Rebeca- {insistente}: Por favor, Leandro, me deixa te ajudar.
Leandro- {impaciente}: Deixa isso pra lá, pelo amor de Deus.
Rebeca: Ok, mocinho, eu espero que você não sofra as consequências, porque eu sim estou disposta a te ajudar.
Leandro: Eu tenho medo.
Rebeca: Podemos fazer um combinado.
Leandro- {intrigado}: Que combinado?
O som abafa e Rebeca explica para Leandro.

Cena 6: Rua// Tarde//
Mariana assusta-se quando está andando na rua e Eriberto puxa-a.
Eriberto: Precisamos conversar!
Mariana: Você é maluco, Eriberto? Não vamos conversar nada!
Eriberto: Precisamos sim, você está fugindo de mim há meses, mas eu não vou desistir.
Mariana: Fugi sim, ou eu preciso refrescar a sua memória pra te lembrar que está com a Cristina?
Eriberto: É por isso mesmo que te procurei hoje, eu quero te esclarecer o porquê disso.
Mariana: Sim, eu sei que ela está te ameaçando.
Eriberto: Isso não basta para você?
Mariana: Não porque aquele dia que fui ao seu apartamento eu vi vocês se beijando. E não tente disfarçar.
Eriberto: A Cristina me agarrou aquele dia!
Mariana: Você parecia estar bastante confortável com a sua boca na dela.
Eriberto: Mariana, eu estava machucado, o que eu iria fazer?
Mariana- {chocada}: Meu Deus, como eu pude ser burra a esse ponto?
Mariana fica indignada com a sua inocência.
Eriberto: Por favor, Mariana, diz que me quer e eu corro qualquer risco para ficar com você.
Mariana: Você é louco? Você vai ficar preso. Você tem que ir ficando com a Cristina até que eu arrue provas para parar ela.
Eriberto: E como você vai fazer isso?
Mariana olha fixamente para Eriberto e ele fica confuso.

Cena 7: Anoitece. Mansão D’ Àvilla// Sala// Interior//
Bárbara fica preocupada quando vê Beatriz na sala com uma bolsa nas costas.
Beatriz: Mãe, como a senhora vai dormir com a Isabela hoje, eu vou ir dormir na casa da Gabriela, ela me chamou.
Bárbara: Ok, filha, mas quem vai te levar lá?
Beatriz: Eu peço o motorista.
Bárbara: Não, ele já foi embora. Eu vou te levar lá, não vai pedir táxi. Eu me lembrei de quando a Isabela foi estuprada.
Beatriz- {finge}: Ai, nem me lembra disso, foi horrível aquele dia.
Bárbara: Não vamos falar disso. –{T}- O Nicolas veio aqui?
Beatriz: Sim, ele veio sim. Ele me disse que a senhora falou que podia vir.
Bárbara: É verdade, eu disse a ele mesmo. O Nicolas é um menino muito bom, não sei porque terminou com ele.
Beatriz: Olha, mãe, eu acho melhor ir embora pra casa da Gabriela, eu não quero ficar questionando passado.
Bárbara: Nossa, mas que gênio, hein?
Beatriz: De lá eu vou pra escola.
Bárbara: Você quer que eu te leve?
Beatriz: Mãe, eu vou ir pra escola com a Gaby, não precisa ficar nessa melação toda não. Eu sei que eu e a Isabela somos inimigas e que sinto ciúmes, mas eu não vou ficar te dando trabalho por causa disso.
Bárbara olha para a filha, satisfeita.
Bárbara: Que linda você, meu bebê.
Bárbara abraça Beatriz, que expressa um olhar diabólico.

Cena 8: Parque Ibirapuera// Noite//
Fade-in- Begin Again- {Taylor Swift}
Fidelis, Natália e Natiely chegam ao local e sentam-se à mesa. Os pais ficam frente a frente com a filha.
Natália: Filha, nós viemos a um lugar mais tranquilo para conversar com você. Queríamos te falar algumas coisas.
Fidelis: Sim, nós queremos dizer que sentimos muito por tudo o que fizemos você passar.
Natiely: Realmente vocês me esqueceram por muito tempo.
Natália: Sim, filha, mas nós reconhecemos o nosso erro. Queremos que nos perdoe, nós somos humanos e temos falhas.
Natiely: Vocês falam isso, mas depois de uma semana já vão pegar o próximo vôo para viajarem a trabalho.
Fidelis: Nós deixamos todos os nossos serviços, falamos com a empresa que não podemos mais trabalhar para eles fora da cidade e fora do Brasil, que não vamos viajar mais.
Natiely fica surpresa ao ouvir o que os seus pais dizem.
Natiely: Mentira! Vocês estão falando isso só para eu acreditar em vocês, mas daqui a pouco tudo muda.
Natália: Você quer ouvir o áudio que nós mandamos para o nosso patrão?
Natiely: Não, não precisa!
Fidelis: Nós queremos falar muitas coisas para você, Natiely, não foi apenas 14 dias que ficamos ausentes. Foi 14 anos praticamente.
Natiely não consegue segurar as lágrimas.
Natiely: Esses 14 anos foram os anos mais cruciais da minha vida.
Natiely e seus pais se encaram.
Fade-out- Begin Again- {Taylor Swift}

Cena 9: Praça// Noite//
Jasmín e Nicolas estão sentados em um banco e eles sorriem.
Jasmín: Eu não acredito que esse tempo todo você estava fingindo.
Nicolas: Sim, eu estava!
Jasmín: Nicolas, você me empresta seu celular para eu fazer uma ligação e tirar umas fotos? Eu preciso postar no meu insta.
Nicolas: Quero tirar uma foto com você, meu bem.
Jasmín: Só se ir ali e comprar um cachorro quente.
Nicolas deixa o celular com Jasmín e vai até a barraca de cachorro quente. Jasmín tira algumas fotos e vai à galeria olhar.
Flashback:
Jasmín: Não me deixa curiosa!-{Aproximando}- Uma moça como eu não pode ficar sedenta assim, não é, meu bem?
Nicolas: Depois nós falamos disso.
Jasmín segura o queixo de Nicolas e olha para ele bem sedutora, ele tenta beijar os lábios dela, que vira o rosto. Nicolas está ofegante e sedento por um beijo da jovem.
Jasmín: Só me diga uma coisa. Você tem provas contra ela?
Nicolas- {seduzido}: Sim.
Nicolas beija Jasmín com muito fogo.
Fim do flashback.
Jasmín percebe que Nicolas ainda está olhando o cardápio.
Jasmín- {tensa}: É a minha chance.
Jasmín olha as fotos de Nicolas e não encontra nada. Ela aperta um menu da galeria que está escrito “fotos ocultas”, ela aperta a opção e vê duas fotos de Beatriz, uma dela mexendo no celular e outra dela conversando com um cara. Jasmín seleciona as fotos e compartilha para o whatsapp dela. Nicolas chega sem que ela perceba e a menina fica surpresa.
Nicolas- {surpreso}: O que você está fazendo?
Nicolas pega o celular das mãos de Jasmín e fica surpreso ao ver que ela mandou as fotos pra ela.
Jasmín: Me desculpa por te trair assim, Nicolas, mas chegou a hora da Beatriz pagar por tudo.
Nicolas fica tenso e Jasmín olha-o com medo.

Cena 10: Mansão Riccari// Sala// Interior// Noite//
Bárbara, Mauricio e Isabela entram felizes ao cômodo. Eles tentam acender as luzes, mas não conseguem.
Bárbara: O que está acontecendo?
Mauricio: Eu não sei, a chave deve ter caído, mas não deveria ter acontecido isso, ela é nova.
Mauricio acende a lanterna do celular e vai até a caixinha, ele fica surpreso ao ver uma mão mexendo na caixinha.
Mauricio- {grita/desesperado}: Saiam pra fora agora.
Bárbara e Isabela vão sair, as luzes se acendem. As duas e Mauricio ficam trêmulos com o que vêm.
Isabela- {desacreditada/ecoa}: Papai?!

A imagem se divide em quatro, focando o rosto de cada um, fica preta e branca, fixando-se em um quadro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário