Temporada de Inverno ❄️⛄️

24 Horas - Capítulo 10


1 cena (Mansão, jardim/continuação)
Beto, Jessica e Ana vão até o jardim e ficam surpresos com o trabalho de Edu.
- Adorei, superou as minhas expectativas. (Diz Ana)
- Fez um ótimo trabalho Eduardo! A única coisa que posso dizer é que está contratado. (Diz Beto)
- Muito obrigado seu Beto! (Diz Edu)

2 cena (Casa de Manuella)
Manuella almoça na mesa sozinha. Logo em seguida Édson chega do trabalho.
- Ainda não foi pra faculdade? (Pergunta Édson)
- Estou indo agora, tava só terminando de almoçar. (Diz Manuella)
- Tá almoçando essa hora Manuella? (Pergunta Édson)
- Tive que resolver um probleminha com a Diana, por isso me atrasei um pouco. Mais nada que atrapalhe a faculdade. (Diz Manuella)
- É melhor assim!
Ivete sai da cozinha e pergunta se Édson vai almoçar.
- Vai querer que eu prepare alguma coisa? (Pergunta Ivete)
- Obrigado Ivete, mais eu vou descansar um pouco, fiquei em dois plantões direto no hospital. (Diz Édson)
Édson sobe a escada. Manuella pega a sua bolsa e sai para faculdade.

3 cena (Bairro Bela Vista, 19:00 da noite)
Rafael em frente a casa de Sthefany, joga algumas pedras em sua janela. Não demora muito e Sthefany abre a janela.
- Rafael? O que você tá fazendo? (Pergunta Sthefany)
- Eu só quero conversar com você! (Diz Rafael)
- A gente não tem nada pra conversar enquanto você não tomar uma atitude. Entendeu? (Diz Sthefany)
- É sobre isso mesmo que quero conversar. Posso subir? (Diz Rafael)
- Sobe! (Diz Sthefany)
Rafael sobe pela pequena árvore até a varanda do quarto de Sthefany.
- O que quer me falar? (Pergunta Sthefany)
- O quero saber o que tá acontecendo, até ontem tava tudo bem entre a gente e de repente você vem com essa história de casamento. (Diz Rafael)
- Eu tô cansada de ouvir a minha mãe e todo mundo desse bairro falando que o nosso namoro é passageiro. Por isso decidi mostrar pra todo mundo que a gente se ama de verdade. (Diz Sthefany)
- Eu tava pensando e acho que nós podemos fazer um noivado primeiro. (Diz Rafael)
- Noivado? (Pergunta Sthefany)
- Sim, essas coisas sempre vêm antes do casamento. (Diz Rafael)
- Não tinha pensado nisso, mais eu gostei da ideia! (Diz Sthefany)
- Então voltamos? (Pergunta Sthefany)
- Sim! (Diz Sthefany)
Rafael logo em seguida agarra Sthefany e tenta lhe beijar, mais ela diz:
- Nada de beijo até o noivado! (Diz Sthefany)
- Como assim? (Pergunta Rafael)
- Então tá tudo combinado, agora é melhor ir embora por que se a dona Vera te ver vai começar a implicar. (Diz Sthefany)
Sthefany vai empurrando Tomás até a varanda. Tomás diz:
- Pera aí, você não respondeu a minha pergunta. (Diz Tomás)
Sthefany não lhe dá atenção e fecha a janela. Tomás desce novamente a árvore mais acaba quebrando um galho e caindo no chão. Sthefany escuta o barulho e vai ver se tá tudo bem.
- Você tá bem? (Pergunta Sthefany)
- Tô! (Grita Tomás)
- Então amanhã a gente se fala! (Diz Sthefany)

4 cena (Mansão, quarto de Tomás)
Beto entra e entrega um cheque a Tomás.
- Tá aqui o cheque pra pagar a mensalidade e os materiais. (Diz Beto)
- Valeu! Eu vou amanhã cedo pagar a faculdade. (Diz Tomás)
- Já decidiu o que vai fazer? (Pergunta Beto)
- Publicidade! (Diz Tomás)
- É uma ótima área, o se estágio na fábrica vai tá garantido. (Diz Tomás)
- Eu acho melhor conversar disso uma outra hora. (Diz Tomás)
- Todo bem! Então, boa noite! (Diz Beto)

5 cena (Faculdade Torres Galvão)
Manuella e Diana saem da faculdade.
- Conversou hoje com o boy da moto? (Pergunta Diana)
- Na verdade eu tentar conversar com ele assim que chegar em casa. (Diz Manuella)
- Amiga, se realmente quer ficar com ele é melhor montar interesse, antes que ele procure outra menina. (Diz Diana)
- A gente ainda estamos se conhecendo. (Diz Manuella)
- Vai por mim, homens são todos iguais! (Diz Diana)
- Quem sabe o Tomás pode ser diferente? (Diz Manuella)

6 cena (Mansão, jardim)
Beto vai até o jardim da mansão e se encontra com Marina.
- Marina? (Diz Beto)
- Há, me desculpe eu já tava de saída. (Diz Marina)
- Não imagina, pode ficar se quiser! (Diz Beto)
- Eu tava apenas admirando o lindo jardim. (Diz Marina)
- Realmente o jardim fico bem melhor invista do que estava. (Diz Beto)
- Me parece que o senhor não gosta muito de natureza, me desculpe o comentário. (Diz Marina)
- Não imagina, eu adoro pessoas sinceras. Mais confesso que nunca fui um admirador da natureza. E você? (Diz Beto)
- Bom, que mulher não gosta de belas rosas e buquês? (Diz Marina)
- Tem razão! (Diz Beto)
Os dois se olham fixamente.
- Você é bem diferente! (Diz Beto)
- Diferente como? (Pergunta Marina)
Logo em seguida Ana se aproxima dos dois e pergunta:
- O que está acontecendo aqui? (Pergunta Ana)

Nenhum comentário:

Postar um comentário