Pobre Chique - Capítulo 26 (Últimos Capítulos)






WEB NOVELA DE: EVERTON BRITO.
ESCRITA POR: EVERTON BRITO E FAILON TEIXEIRA
COLABORAÇÃO: STHEFANI CLAUDINO.

PERSONAGENS DESTE CAPÍTULO.
TADEU
DOMINIQUE
MARIA
RODRIGO
BELLA
BENICIO
DÉSIRÉE

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS
MÉDICO

CAPÍTULO 26.

CENA 1. RUA – [EXT.NOITE]
Dominique sobre o carro, que cai no chão, desmaiada. Tadeu corre para socorrê-la.
TADEU- Dominique, Dominique. Acorda! Fala comigo!
Ele pega ela e o leva nos braços, um táxi passa, ele para.
TADEU- Você vai ficar bem... confia em mim!
Ele entra no táxi. E ele segue.

CENA 2. RIO DE JANEIRO – [EXT.NOITE]
CAM AÉREA falta luz na cidade. Todos ficam trancados em suas casas, uma forte chuva cai.

CENA 3. APARTAMENTO DE DOMINIQUE – [INT.NOITE]
Tadeu chega no apartamento com Dominique.
TADEU- Droga, droga. Não tem luz aqui! Deixa eu ver se eu consigo uma vela.
Ele deixa Dominique no sofá da sala. Ele vai no quarto e pega uma vela.
TADEU- Agora vai ficar tudo bem.
Dominique começa acordar.
DOMINIQUE- Ai, minha cabeça... onde eu estou? Tadeu, o que você faz aqui, criatura!
Close em Tadeu, surpreso.

CENA 4. RUA – [EXT.NOITE]
Maria anda à rua, a pé. Toda molhada pela chuva.
MARIA- Que desgraça. Como eu vou chegar na casa do Tadeu. Tá muito longe. E ainda mais com essa chuva.
Um carro vem em alta velocidade, ele para, Rodrigo desce os vidros do carro.
RODRIGO- Maria, entra no carro. Eu te levo pra casa. Sai da chuva!
MARIA- Eu não vou com você para lugar nenhum!
RODRIGO- Então você prefere ficar na chuva e voltar para casa somente amanhã. A cidade toda estar sem luz. Como vai chegar?
MARIA- Eu dou meu jeito. Eu sempre soube me virar sozinha.
RODRIGO- Deixa de ser cabeça dura, e entra logo nesse carro.
MARIA- Quem é você pra dizer o que eu tenho que fazer?
RODRIGO- Um cara que quer te ajudar, mas você parece não estar dando atenção para ele.
MARIA- Eu aceito sua carona, mas não me falte com o respeito.
RODRIGO- Tá bom. Eu vou respeitá-la. Entra no carro.
Maria entra no carro e ele pisa no volante.
MARIA- Você tá indo veloz demais. É melhor parar.
Rodrigo para o carro, ele passa a mão sobre Maria, que se sai dele.
MARIA- Para com isso, Rodrigo! Eu não te dou esse direito.
Ele tira a camisa. Começa a agarrar Maria. Que lhe dá um tapa na cara.
MARIA- Quem vai tomar o volante do carro agora sou eu!
Maria toma e dirige o carro.
RODRIGO- Você tá louca, Maria. Não sabe dirigi esse tipo de carro. É melhor você me deixar no volante.
Rodrigo Tenta tirar a mão de Maria da direção. Eles começam a brigar.
MARIA- De jeito nenhum! Gosto de me desafiar.
RODRIGO- Você vai acabar causando um acidente.
O carro perde controle e bate em um poste. Rodrigo fica com uns arranhões na cabeça e barriga. Maria sai do carro. Ela corre pela rua.

CENA 5. HOSPITAL – [INT.NOITE]
Désirée espera o médico. Ela está sentada, numa cadeira no corredor do hospital.
DÉSIRÉE- E esse maldito médico, que não chega pra me dar notícias.
O médico chega.
MÉDICO- Eu tenho boas notícias!
DÉSIRÉE- É o que eu estou pensando?
MÉDICO- Acho que sim. Está aqui o seu exame!
Désirée olha o exame.
MÉDICO- Parabéns, você é a mais nova mamãe do Rio de Janeiro.
DÉSIRÉE- Eu tô gravida! Não posso acreditar. É muita felicidade pra uma pessoa só.
MÉDICO- Você já está com duas semanas! Passar bem.
O médico volta pra casa. Désirée comemora, feliz.


CENA 6. SALÃO DE FESTAS – [INT.NOITE]
Bella e Benicio ficam presos no salão de festas.
BELLA- Como eu vou sair desse lugar?
BENICIO- Como a gente vai sair, você quer dizer né?
BELLA- Isso é o de menos. E ainda mais sem energia.
A luz volta. O salão fica todo iluminado.
BELLA- Pelo menos isso, a energia voltou. Socorro! Socorro! Alguém me tia daqui.
BENICIO- Louca. Para de gritos. Não está vendo que ficamos presos aqui.
BELLA- Seu chato. Deixa eu gritar. Eu tenho que sair desse inferno!
BENICIO- Coisa que você não vai conseguir.
Bella pega em cima de uma mesa: Pratos e copos. Ela joga eles em Benicio, que também joga os mesmos nela. Eles discutem. Até que se emendam e cai os dois no chão. Eles se beijam.

CENA 7. APARTAMENTO DE DOMINIQUE – [INT.NOITE]
Dominique e Tadeu conversam.
DOMINIQUE- Você me ajudou muito, Tadeu! Eu poderia ter morrido no acidente!
TADEU- Já passou. E você quem se jogou nele. Por que mesmo?
DOMINIQUE- Por você, Tadeu! Eu queria chamar sua atenção.
TADEU- E pôr em risco sua própria vida e chamar atenção de uma pessoa?
DOMINIQUE – Eu estou desesperada e vale tudo!
TADEU- Eu nem sei o que ainda estou fazendo aqui no seu apartamento. A luz voltou. Eu vou pra minha casa. O morro azul é bem longe daqui.
Tadeu se levanta, Dominique o puxa pelo braço.
DOMINIQUE- Posso te fazer uma pergunta?
TADEU- Que pergunta, Dominique?
DOMINIQUE – Você é apaixonado pela Maria?
Em Tadeu, surpreso.

Corta para o fim do capítulo 26.

Nenhum comentário:

Postar um comentário