Temporada de Inverno ❄️⛄️

Maldita Ambição: Capítulo 27 - "ÚLTIMOS CAPÍTULOS - Quem matou Edgard?"


Cena 1: Edgard é assassinado misteriosamente. Foca nos pés da pessoa saindo do apartamento.

Cena 2: Manhã/ Apartamento de Edgard
A diarista encontra o corpo de Edgar e chama a polícia.
Diarista: Senhor Edgard? O senhor tá em casa? Olha eu cheguei mais cedo pra terminar mais cedMEU DEUS, MATARAM O SENHOR EDGARD!
(Ela pega o celular e liga pra polícia)

Cena 3: Carol planeja uma festa com sua mãe.
Carol: Eu vou fazer uma festa de aniversário, e vai ser aqui na mansão.
Clarice: Eu apoio! Mas tem que ser um festão daqueles.
Carol: E será, vai ser inesquecível!

Cena 4: A polícia chega ao apartamento de Edgard.
A diarista explica como o encontrou.
Policial: Você terá que vir até a delegacia dar o seu depoimento, e dizer quem costumava visitar o seu patrão, se ele tinha inimizades, ok?
Diarista: Tudo bem, eu vou!

Cena 5: A polícia chega a mansão dos Albuquerque, a empregada abre a porta.
Polícial: Somos da polícia, é aqui que mora Stella, Renata e Carol?
Empregada: Sim, quer que chame elas?
Polícial: Sim!
Empregada: Entrem, eu vou chamar elas.
(Alguns minutos depois as três chegam a sala)
Stella: O que o senhor deseja?
Polícial: Você é a...
Stella: Stella, prazer.
Polícial: O senhor Edgard Mendonça foi encontrado morto nesta manhã em sua residência, considerando que vocês três tinham envolvimento com ele e costumavam visitar sua residência, vocês três são consideradas suspeitas do assassinato dele, pedimos que não se ausentem da cidade e muito menos do país até que o caso seja resolvido e o assassino ou assassina seja revelado.
Stella: Tudo bem, conte comigo pro que for preciso!
(O policial sai da mansão)
Stella: Foi uma de vocês duas? Diz agora!
Renata: Não fui eu, eu não sujaria minhas mãos com aquele lixo.
Carol: Muito menos eu! Nem tinha envolvimento com ele, capaz que tenha sido você, Stella!
Stella: Eu?! Eu não mataria nem uma mosca, diferente de vocês né.

Cena 6: Carol entra no quarto de Clarice.
Carol: Foi você né?
Clarice: Eu o que?
Carol: Você matou o Edgard.
Clarice: Eu? Claro que não, você é quem disse que ia matar ele.
Carol: Eu espero que você não esteja mentindo pra mim, nós somos parceiras, e eu quero saber tudo que você faz.
Clarice: Eu não mataria alguém, eu não sou tão cruel como você!
Carol: Se não foi você, então quem foi?
Clarice: Não sei! Mas a gente vai descobrir.

Cena 7:
Renata: Só pode ter sido a Carol ou a Clarice, tá na cara!
Stella: Não sei, meu medo é que tenha sido o Vinícius.
Renata: Aquele mosca morta? Hahahahaha dúvido!
Stella: Ele andava enfurecido ultimamente, eu não duvido de nada! Quer saber, eu vou ligar pra ele.
Renata: Então liga!

Cena 8: Maria faz um novo telefonema mistérioso.
Maria: Escuta, eu já sei o momento perfeito pra sua chegada, perfeito!

Cena 9:
Renata: E aí? O que ele disse?
Stella: Disse que não foi ele, mas disse que é bem feito pro Edgard!
Renata: Até porque se tivesse sido ele, ele não iria dizer a verdade! E eu concordo com ele, agora o Edgard está no inferno, que é o lugar dele!

Alguns dias depois...
Cena 10: Chega o dia da festa
Carol está no quarto se arrumando, Clarice entra no quarto.
Clarice: Já está pronta? Já tá cheio de convidados lá embaixo.
Carol: Estou quase, mãe! Finalmente chegou meu dia, minha hora de brilhar hahahahaha. Stella e Renata já estão lá?
Clarice: Sim, está todo mundo te esperando.
Carol: Estou pronta! Vamos!

Cena 11: Carol desce as escadas elegantemente, com uma cara de maldade e de quem venceu na vida.
Carol: Não imaginam o prazer que é recebê-los aqui!

Congela em Carol.



Nenhum comentário:

Postar um comentário