Castelo de Areia - Capítulo 22.


NO CAPÍTULO ANTERIOR:
Flávia diz a sua mãe que talvez seja melhor pedirem um empréstimo a Augusto.
Em mais uma sessão, Estela diz a Carolina que se recordou de que já amou um homem.
FIQUE AGORA COM O CAPÍTULO DE HOJE:


CENA 01 / MANSÃO BITENCOURT / INTERIOR / QUARTO DE ESTELA / DIA.
CAROLINA - Quem é o homem que você recordou já ter amado?
MARIA/ESTELA - O Rodrigo.
CAROLINA - O marido de sua irmã?
MARIA/ESTELA - Sim. Não pode ser verdade, isso tudo é loucura.
CAROLINA - Fique calma, talvez tenha sido uma paixão não correspondida do passado.
MARIA/ESTELA - Não. Na minha lembrança nós chegamos até mesmo a noivar.
CAROLINA - Na sua lembrança, a Branca sabia de tudo?
MARIA/ESTELA - Sim, ela sabia. Eu estou confusa, não sei se isso de que me lembrei é real ou apenas uma imaginação da minha cabeça.
CAROLINA - Tudo leva a crer que é real. Converse com a Branca.
MARIA/ESTELA - Melhor não, eu tenho vergonha. Francamente eu não saberia nem como começar uma conversa dessas.
CAROLINA - Eu entendo.
MARIA/ESTELA - Doutora, por favor não conte nada do que conversamos aqui.
CAROLINA - É claro que não irei contar, é antiético revelar o que os pacientes dizem. Fique tranquila.
MARIA/ESTELA - Será que poderíamos encerrar por hoje.
CAROLINA - Sim, você tá confusa né?
MARIA/ESTELA - Sim.
CAROLINA - Então tá, eu vou indo. Fique bem.
CENA 02 / MANSÃO BITENCOURT / INTERIOR / SALA / DIA.
FLÁVIA - Tio, será que podíamos conversar?
AUGUSTO - Claro minha sobrinha. Me diga!
FLÁVIA - Olha tio, eu não sei nem como te pedir isso. Aliás eu não sei nem onde enfiar a minha cara.
AUGUSTO - Mas o que é? Assim você me assusta.
FLÁVIA - Eu queria pedir dinheiro emprestado pra você.
AUGUSTO - Aconteceu alguma coisa.
FLÁVIA - Bom tio, eu vou explicar tudo e você vai entender.
Ela conta a Augusto que sua mãe se envolveu em dívidas, e que deu o apartamento onde vivem como garantia. E que eles não tem nenhum dinheiro para pagar. Ela diz que elas não querem que seu pai saiba, pois ele é muito orgulhoso.
AUGUSTO - Nossa, mas onde sua mãe estava com a cabeça para fazer uma loucura dessas?
FLÁVIA - Pois é tio.
AUGUSTO - Eu lhe empresto o dinheiro necessário para quitarem a dívida.
FLÁVIA - Obrigada tio. Eu prometo que lhe pagarei certinho.
AUGUSTO - Sim, eu você eu confio.
FLÁVIA - Mais uma vez, muito obrigada.
AUGUSTO - Imagine.
ANOITECE.
CENA 03 / MANSÃO BITENCOURT / INTERIOR / ESCRITÓRIO / NOITE.
Rodrigo está no escritório. Estela com medo vai até lá.
MARIA/ESTELA - Será que poderíamos conversar?
CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário