UM AMOR DE CHOCOLATE CAPÍTULO 26



livremente inspirada  em
"Chocolate com pimenta", de Walcyr Carrasco.

uma novela de 
AGATHA

edição / montagem / supervisão de texto deste capítulo
FELIPE ROCHA

No capítulo anterior

Danilo e Ana Francisca namoram

CENA 01/QUARTO DE ANA FRANCISCA/INT/NOITE

Danilo: meu amor eu estou disposto a assumir nosso romance e até mesmo me casar
Ana Francisca: não acha que está apressando demais as coisas
Danilo: talvez eu esteja mas eu te amo e faço questão de fazer tudo certo pedir sua mão
Ana Francisca: a meu amor você não sabe como eu estou feliz
Danilo: esse é só o começo agente vai ser muito feliz meu amor

CENA 02/QUARTO DE GESEBEL/INT/DIA

Gesebel: minha filha que tal a gente pedir um dinheirinho para a caipira
Olga: está maluca mamãe passar por essa humilhação
Gesebel: infelizmente não temos escolha minha filha ou pedimos ou pedimos
Olga: peça e ganha um não até parece que ela vai nos emprestar
Gesebel: isso nós só vamos saber perguntando então vamos falar com a caipira
( Gesebel e Olga vão falar com Ana Francisca )
Ana Francisca: o que vocês querem aqui
Gesebel: o minha querida
Ana Francisca: chega de falsidade eu sei que você não gosta de mim não me atura então vá direto ao ponto
Gesebel: então eu e a Olga gastamos um pouquinho à mais do limite e banqueiro não quer que nós retiremos mais dinheiro
Ana Francisca: ou seja vocês estão no vermelho quase falidas
Gesebel: não é bem assim
Ana Francisca: vocês deveriam aprender a controlar o dinheiro de vocês agora estão ai falidas
Gesebel: então você não teria um dinheirinho para nos emprestar
Ana Francisca: não vou lhe emprestar dinheirinho e nem dinheirão e vê se aprende a se controlar e poupar talvez recuperem sua fortuna
Gesebel: ai como eu sofro

CENA 03/SÍTIO DE LAURINDA/INT/DIA

Pitágoras: aonde está sua avó meu amor
Marcia: ela está morando junto com a Ana na mansão
Pitágoras: então vamos para lá
( Marcia e Pitágoras vão à mansão )
Laurinda: o que vocês dois estão fazendo aqui
Pitágoras: eu vim pedir a mão de sua neta em casamento
Laurinda: eu dou lhe minha neta desde que o senhor prometa que irá amalá, cuidalá e respeita lá
Pitágoras: más é claro que sim eu quero ser feliz ao lado dela
Marcia: ará mais ocêis não sabe o quanto eu estou feliz
Pitágoras: é só o começo da nossa felicidade meu amor
( os dois se beijam )

CENA 04/PRAÇA DA CIDADE/EXT/DIA

( Bernardo passei e avista Kiki que também o vê )
Kiki: eu estava querendo falar com você
Bernardo: pois então diga
Kiki: eu queria te pedir desculpas por ter te dedurado no colégio imagino o quanto deve ter sofrido por não saber que era homem
Bernardo: eu te predou e eu também já esqueci eu comecei una nova vida
Kiki: mais você está bonito heim que belo rapaz você é deve ter um monte de meninas arrastando asa pra você
Bernardo: que isso assim você me deixa envergonhado
Kiki: me beija
Bernardo: o que? 
Kiki: me beija logo
( elea se beijam loucamente )

CENA 05/CASA DE GESEBEL/INT/DIA

Danilo: eu queria falar com a senhora dona Laurinda
Laurinda: pois então diga
Danilo: eu vim pedir a mão de Ana Francisca em casamento
Laurinda: bom você fez minha neta sofrer muito você está arrependido
Danilo: você não sabe o quanto
Laurinda: eu dou lhe a mão de minha neta então mais lhe aviso que estarei de olho Danilo: pode deixar eu vou cuidar muito bem dela
Laurinda: que emoção noivar duas netas em um só dia
( Olga vê tudo escondida )
Olga: esse casamento não vai acontecer eu vou fazer de tudo pra que não aconteça nem que eu tenha que matar essa caipira

CONTINUA...

Nenhum comentário:

Postar um comentário